Desafios dos mercados internacionais de carnes brasileiras para 2022

Pós-pandemia, confrontos internacionais e outros obstáculos que podem dificultar o acesso a novos espaços de comercialização de carnes do Brasil estarão em debate no Sedagro, em SP

Foto: Intermac no Pixabay

A partir desta terça-feira (15/3), em São Paulo, o Pavilhão de Exposições do Anhembi reunirá vários especialistas para debates sobre temas voltados às questões sanitárias do rebanho nacional; à inspeção de produtos à base de carne; ao comércio internacional e à regulamentação de mercado dos produtos à base de proteína vegetal. Na abertura do Seminário sobre Defesa Agropecuária (Sedagro), as “Perspectivas dos mercados internacionais de carnes brasileiras em 2022” vão dominar as discussões do Painel 1, a partir das 15h. O Seminário presencial é realizado pelo ANFFA Sindical - Sindicato dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários, no Pavilhão de Exposições do Anhembi (SP), de 15 a 17 deste mês.

Autoridades no tema, como Antonio Camardelli, presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC), afirma que no atual cenário, o Brasil precisa de estratégias para esse momento de transição da pandemia. Segundo ele, uma importante parceria foi estabelecida com foco nesse trabalho, e já demonstra resultados. “Sabemos que atualmente é impossível exportar sem a chancela do governo. Assim, ao publicar o Decreto Presidencial de Essencialidade nº10.282/2020 e logo após a Portaria Interministerial nº19/2020, que trata do controle e mitigação dos riscos de transmissão da COVID-19 nas atividades desenvolvidas na indústria de abate e processamento de carnes e derivados, o governo contribuiu fortemente para a consolidação do Brasil como o principal exportador de proteína animal do mundo”, avalia.

Camardelli avalia que a grande responsável pelo recorde de receita em exportações que o país atingiu em 2020, foi essa integração público-privada. “Entendemos que uma cadeia produtiva sem danos, e pronta para responder às demandas de países anteriormente provedores – mas que em decorrência da Covid-19 passaram a demandar produtos de países como o nosso – nos permitiu não apenas manter o atendimento aos mercados tradicionais como também expandir a variedade de produtos exportados."

De acordo com o diretor, baseado nesse trabalho será possível alcançar uma marca inédita de 2 dígitos em exportações, atingindo a cifra de U$ 10 bilhões em 2022.


Para Luis Rua, diretor de Mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o contexto de confrontos entre Rússia e Ucrânia, também se apresentam como desafios para a conquista de mercados internacionais de carnes brasileiras. O diretor informa que 2,5% do total de carnes de aves exportados pelo Brasil em 2021, o equivalente a pouco mais de 100 mil toneladas, foram importadas somente pela Rússia, mas acredita que o fechamento dos portos na Ucrânia e as dificuldades logísticas da Rússia vão contribuir para aumentar a demanda pelo produto brasileiro na Arábia Saudita, União Europeia e países do Golfo.

Leandro Feijó, da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Mapa), antecipa que as principais negociações em curso e os desafios que podem influenciar nas exportações brasileiras de carnes serão apresentadas nesta terça-feira. "Também serão abordadas questões sanitárias em saúde pública e saúde animal, as barreiras de terceira geração, assim como sustentabilidade ambiental e bem-estar animal, que passam a influenciar nos processos de negociação, sejam na abertura/manutenção de mercados, assim como nos acordos de facilitação de comércio", destaca.

Os debates deste painel de abertura do Sedagro serão mediados por Janus Pablo, presidente do ANFFA Sindical. Para ele, o Seminário será uma oportunidade ímpar de interação entre o setor privado e os auditores fiscais federais agropecuários. Além disso, ressalta o alto nível dos conteúdos e a qualificação dos palestrantes convidados. “O conteúdo selecionado do painel, aliado à competência dos palestrantes, oferecem a oportunidade de se transmitir uma grande quantidade de informações em um momento inédito”, enfatiza.

Temas relevantes

No painel do dia seguinte (16/3) haverá participação de especialistas como Talita Priscila, pesquisadora do centro de agronegócio da FGV Agro; Geraldo Moraes, diretor do departamento de saúde animal do Mapa; Lilian Figueiredo, coordenadora de produção animal da CNA - Confederação Nacional da Agricultura; e Andrea Moura, superintendente federal da agricultura do estado de São Paulo, moderadora do painel, marcado para 15h.

Ainda no dia 16 de março, às 17h, o painel 3, sobre "Inovação e abertura de novos mercados: coexistência de produtos à base de proteínas de origem animal e vegetal", reunirá outro grupo de especialistas, tais como Caroline Mellinger, pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos; Camile Lau, diretora de marketing da JBS; Glauco Bertoldo, diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal, do Mapa; Antonio Marcos Pupin, diretor de assuntos científicos e regulatórios da Associação Brasileira de Bioinovação (ABBI); Sergio Pinto, diretor global de inovação e novos negócios da BRF; e Danilo Kamimura, chefe de defesa agropecuária da superintendência federal de agricultura de São Paulo (Mapa), moderador do painel.

No último painel do dia 17 de março, às 15h, será debatido o tema "Perspectivas para a inspeção de carnes do Brasil", com outros convidados de peso, como Sulivan Alves, diretora técnica da ABPA; Ana Lúcia Viana, diretora do departamento de inspeção de produtos de origem animal (Mapa), além de Cinthia Torres, diretora técnica da ABPA e de Gisele Camargo, delegada do ANFFA em São Paulo e moderadora do painel. Todo esse conteúdo reunido no Sedagro faz parte da programação da III Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal (Expomeat)

SERVIÇO


SEDAGRO

Data: 15 a 17 de março de 2022, na Expomeat

1° painel - “Perspectivas dos mercados internacionais de carnes brasileiras em 2022”,

Horário de funcionamento: 15h
Local: Pavilhão de Exposições Anhembi
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209 - São Paulo. (Totalmente presencial, no Pavilhão de Exposições do Anhembi (SP)).

Acesse a programação AQUI

CONTATO ASSESSORIA

FSB Comunicação

Socorro Ramalho
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 9 9202.8019

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61)3224-0364  / +55 (61) 3246-1599
+55 (61) 3968-6573 / + 55 (61) 99202-4764 
+ 55 (61) 99226-6626  / + 55 (61)99932-0149