Acontece hoje, 18/08/2021, o I Encontro dos Comandos Estaduais de Mobilização – CEM após eleição do novo grupo, ocorrida no último mês.

Ao todo, estarão reunidos 20 membros de forma presencial e mais quatro de forma online, além do Coordenador do CDS, Simplício Lima.

O coordenador do antigo CEM, Serguei Brener, explica que a conjuntura política coincide com a reunião do grupo e dá detalhes: “A primeira reunião com os novos membros dos Comandos Estaduais de Mobilização esta semana será muito importante pelo momento em que vivemos e que é decisivo para o nosso futuro. Assim, nesta reunião acontecerá a eleição dos representantes regionais, a formação do novo Comando Nacional de Mobilização, apresentação do Plano Operativo de Combate à Reforma Administrativa e de nosso Plano Tático. Tendo essas definições, também serão discutidas as atividades de mobilização nos Estados a serem desenvolvidas a partir da próxima semana, assim como as revisões dos documentos que orientam as atividades durante as paralisações, dias sem sistema e greve, regimento interno do CNM e CEM.” 

Para o AFFA Luís Eduardo Rocha, de Tocantins, o encontro será importante pois “os novos integrantes dos CEM têm a expectativa de renovar o ânimo das bases, mostrando à categoria a importância da união e consequente mobilização, para que assim, possamos demonstrar ao governo e à sociedade como um todo, a relevância de nossas atividades para a economia do Brasil e para a segurança alimentar da nossa população." Para ele, é o momento de deixar claro que os AFFAs merecem ser reconhecidos à altura da sua importância para o país.

O AFFA Roberto Siqueira, do Paraná, avalia que “a expectativa de trabalho é grande, especialmente diante de todas as atividades que virão. Tanto no contexto da Reforma Administrativa, quanto nas questões mais diretamente ligadas aos AFFAs, como reposição de pessoal, e nivelamento com as demais carreiras de autoria”, pondera. 

Siqueira ressalta ainda a relevância do trabalho do grupo ao dizer que “os comandos têm uma missão importante de levar toda a estratégia de trabalho desenvolvida pela Direx e pelo Conselho de Delegados até o filiado que está na ponta. Desse modo, é importante que os comandos estaduais tenham o discernimento e o equilíbrio de saber discutir os assuntos nos momentos oportunos; e uma vez tomadas as decisões, que tenham o desprendimento de deixar opiniões pessoais de lado e seguirem as orientações nacionais.” E finaliza: “É hora de estabelecer e repassar orientações para a união e fortalecimento da categoria, para que possamos alcançar êxito nas principais reivindicações e demandas contra a reforma administrativa, visto que ela não atende as necessidades do nosso país."

Para Janus Pablo, presidente do Anffa Sindical, “essa é uma ocasião estratégica e fundamental de nosso trabalho em prol da reestruturação remuneratória de nossa carreira, já que as ações aplicadas agora refletirão na apreciação da Lei Orçamentária Anual de 2022”, explica.

Desse modo, o grupo participará ainda, da manifestação organizada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – FONASEFE, de acordo com diretrizes da Entidade. (Saiba mais aqui). Em Brasília, o Ato acontecerá na Esplanada dos Ministérios às 16h.

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
 + 55 (61) 99202-4764  / + 55 (61) 99226-6626  / + 55 (61)99932-0149