Sindicato orienta filiados sobre o Dia Nacional de Mobilização, que será nesta quarta

Os atos reivindicatórios acontecerão em todo o país e são de extrema relevância, pois unirão forças contra o desmonte do serviço público por meio da Reforma Administrativa (PEC 32)/20. Para isso, os filiados devem procurar suas Delegacias Sindicais, de maneira a buscar mais detalhes sobre a movimentação de cada região. Caberá a elas a adesão e a execução da mobilização nas respectivas unidades da federação, conforme a programação local.

O Anffa Sindical preparou um comunicado (veja aqui), aprovado no CDS (Conselho de Delegados Sindicais), com orientações aos filiados sobre o Dia Nacional de Mobilização, organizado para esta quarta-feira (18/8), pelo Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais), da qual a entidade é signatária, e pelas centrais sindicais.

Os atos reivindicatórios acontecerão em todo o país e são de extrema relevância, pois unirão forças contra o desmonte do serviço público por meio da Reforma Administrativa (PEC 32)/20. Para isso, os filiados devem procurar suas Delegacias Sindicais, de maneira a buscar mais detalhes sobre a movimentação de cada Estado. Caberá a elas a adesão e a execução da mobilização nas respectivas unidades da federação, conforme a programação local.

Em Brasília, por exemplo, a mobilização será, às 16h, na Esplanada dos Ministérios,  e contará com a participação dos diretores do Sindicato, dos representantes dos Comandos Estaduais de Mobilização, Diretores da Direx e da DS/DF , além de filiados lotados em Brasilia. Em Goiânia, os servidores se concentrarão às 9h, em frente à Assembleia Legislativa. 

“Vamos integrar as manifestações. Por esse motivo, sugerimos que os colegas participem, dentro das condições de saúde de cada um, em virtude da pandemia, e reforcem o coro na luta de seus direitos”, disse o presidente do Anffa Sindical, Janus Pablo.

Segundo o dirigente, no Sindicato, a semana será toda dedicada a assuntos, como o enfrentamento à PEC 32 e outros que merecem atenção da carreira, durante uma reunião com os Comandos Estaduais de Mobilização. 

O vice-presidente do Anffa Sindical, Ricardo Aurélio, reiterou a necessidade de as DS procurarem os fóruns de enfrentamento à PEC 32 para o ajuste das ações que serão executadas conjuntamente no dia 18. 

“Nesse momento, não há orientação para greve, mas para a participação de mobilizações, com objetivo de aumentarmos gradativamente a pressão em torno desse assunto. Estamos atentos às dificuldades impostas pela crise sanitária para eventos dessa natureza. Quem puder contribuir no seu estado, será de muita importância”, disse. 

Segundo ele, novas mobilizações devem ocorrer em meados de setembro e serão comunicadas em breve. 

Prejuízos - Conforme cita o comunicado do Sindicato, a PEC 32/20 afeta não somente os futuros, mas também, os atuais servidores públicos alterando e retirando direitos e garantias já consagrados. Sem clareza quanto às propostas adjacentes que integram o conjunto da PEC os servidores atuais correm risco de serem atingidos e terem direitos retirados através de leis complementares. Entre os impactos diretos está a perda da estabilidade, as vedações a direitos e garantias já existentes como redução de salários e jornada, e progressão exclusivamente por tempo de serviço. Já entre os efeitos indiretos estão os contratos por prazo determinado.

Agenda- Em Belém do Pará, haverá café da manhã dos servidores do MPPA, TJPA, DP-PA e ALEPA, com panfletagem e diálogo com a população do comércio belenense, engtre 8h e 10h.

Em Salvador e Vitória da Conquista (BA), está programada uma manifestação de rua, às 10 e 9h, respectivamente. Em Recife (PE), haverá distribuição de cestas básicas (no horário da manhã) e manifestação de rua, às 15h. Em Natal (RN), a manifestação de rua serpa realizada às 14h, em frente ao INSS (da Rua Apodie), e, em Mossoró, haverá um ato público, às 8h, no INSS (Bairro Aeroport). Em Aracajú (SE), o ato será às 15h, na Praça General Valadão. 

Em Brasília,  a mobilização será, às 16h, na Esplanada dos Ministérios,  e contará com a participação dos diretores do Sindicato, dos representantes dos Comandos Estaduais de Mobilização, Diretores da Direx e da DS/DF , além de filiados lotados em Brasilia. Em Goiânia, o ato será, às 10h, na Assembleia Legislativa. Em Cuiabá (MT), os servidores se concentrarão às 8h, na Praça Ulisses Guimarães, em frente ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) – Av. do CPA.

Em Vitória (ES), o ato será na Praça Jucutuquara, às 8h30. Em São Lourenço (MG), haverá panfletagem e diálogo com a população, 10:00 e às 16:30, no semáforo (Esquina do Carrossel). Em Campos dos Goytacazes (RJ), a manifestação será em frente à CE Liceu Nilo Peçanha, às 9h, e, em Nova Friburgo, às 17h, na  Rodoviária Urbana. Na capital fluminense, será às 15h, na Praça Pio X.

Em Barueri (SP), haverá concentração no Boulevard de Barueri (próximo a Campos Sales), às 17h.  Em Curutiba (PR), haverá Assembleia e Manifestação de rua, às  18h. Em Londrina, a Manifestação de rua será às 10h, no centro. Em Caxias do Sul (RS), haverá , às 10:00Concentração no Centro Administrativo, às 15:00Concentração na Prefeitura (Caminhada até a Praç. Dante Alighieri)e, às 17:00, Ato na Praça Dante Alighieri.

 

 

 

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61)3224-0364  / +55 (61) 3246-1599
+55 (61) 3968-6573 / + 55 (61) 99202-4764 
+ 55 (61) 99226-6626  / + 55 (61)99932-0149