13
Ter, Abr

Notícias do Sindicato

Em defesa ao Projeto de Lei 6028/2019, autoria do Deputado Federal Neri Geller (PP-MT), que trata da obrigatoriedade do uso de cães farejadores pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no combate ao ingresso de produtos de uso proibido, restrito, controlado ou que ofereça risco agropecuário ao país, o presidente do Anffa Sindical, Janus Pablo, e o diretor do depto. de Relações Institucionais, Felipe Corrêa, participaram na tarde de ontem (31/03), de reunião virtual com o deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), relator do PL.

Também participaram da reunião, Anderson Neto, assessor parlamentar do Deputado Alceu Moreira, e, a convite do Sindicato, os Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Affas) Romero Teixeira e Angelo Maurício, do Centro Nacional de Cães de Detecção (CeNCD). Eles esclareçam ao Deputado a importância, os procedimentos e a economicidade no uso dos cães farejadores do Mapa, na defesa agropecuária.

Alceu se mostrou muito interessado e solícito à causa em prol da manutenção do status sanitário e fitossanitário brasileiro, deixando os dirigentes do Anffa Sindical e os Affas convidados confiantes com a aprovação do Projeto de Lei.

“A reunião foi muito importante, pois o deputado se mostrou muito receptivo ao tema, colocando-se à disposição para dar o devido andamento à demanda, inclusive com sugestões acerca da aquisição dos animais e estruturação do centro de treinamento dos cães que auxiliarão o trabalho dos Affas”, disse Pablo.

Para Romero Teixeira, chefe do CeNCD, a reunião foi positiva. “O uso de cães farejadores possui baixo custo, alta eficiência, mobilidade, fácil implantação e já é usado em diversos países, que se preocupam com a defesa agropecuária, como exemplo, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile, México e Colômbia”, complementou.

0
0
0
s2sdefault