19
Dom, Nov

+ Notícias

Ocorreu na noite desta quinta-feira (19/10), em Brasília, a entrega do Prêmio Congresso em Foco, que ocorre anualmente e tem como objetivo eleger e homenagear os melhores deputados, senadores e parlamentares de destaque de cada ano.

Nesta 10ª edição, Ana Amélia (PP-RS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) foram escolhidos pelo júri especializado no Prêmio Congresso em Foco como os melhores senadores de 2017. Os dois empataram na primeira colocação. Além desses, Paulo Paim (PT-RS), Raimundo Lira (PMDB-PB) e Simone Tebet (PMDB-MS) também foram classificados pelos jurados entre os melhores do Senado. Já na Câmara, nove nomes foram lembrados como os melhores de 2017: Alice Portugal (PCdoB-BA), André Figueiredo (PDT-CE), Chico Alencar (Psol-RJ), Lincoln Portela (PRB-MG), Luiza Erundina (Psol-SP), Mendes Thame (PV-SP), Miro Teixeira (Rede-RJ), Rodrigo Pacheco (PMDB-MG) e Rubens Bueno (PPS-PR).

Além da escolha por meio do júri, que contou com contribuição do assessor parlamentar Antônio de Queiroz, também foram premiados os mais votados na consulta popular na internet e entre jornalistas que cobrem o Congresso Nacional. Pelo voto da população, foram premiados o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e o senador Magno Malta (PR-ES).

Antes da premiação dos senadores e deputados, também foram homenageados os parlamentares que, no entendimento do júri e população, se destacaram nas categorias “Combate à Corrupção e ao Crime Organizado”, “Defesa Agropecuária” e “Seguridade Social”.

O presidente do Anffa Sindical (umas das entidades patrocinadoras do evento este ano), Maurício Porto, foi encarregado por entregar os prêmios aos nomes de destaque na Defesa Agropecuária: o deputado do PSOL-RJ, Chico Alencar (escolhido por voto popular) e o deputado do PSD/MG, Marcos Montes (escolhido pelo júri). Chico Alencar foi, ainda, reconhecido como o melhor deputado pelos jornalistas que cobrem o Congresso, juntamente com Randolfe Rodrigues (Rede-AP), como melhor senador.

O presidente Maurício Porto destacou a importância do prêmio. “Esse prêmio tem duas características importantes. A primeira é que o parlamentar para concorrer à votação deve atender ao critério de não responder inquérito no STF, ou seja, deve ser ficha limpa. No caso do Anffa Sindical, a gente tem o destaque junto ao Legislativo para mostrar a importância da participação dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários no agronegócio brasileiro”, ressaltou.

Para mais informações sobre a entrega dos prêmios, acesse http://congressoemfoco.uol.com.br