17
Seg, Jun

Notícias do Sindicato

O fortalecimento da Defesa Agropecuária é uma das prioridades do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para 2019, de acordo com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Os sindicalistas do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) José Luiz Castilhos (Diretor de Departamento de Aposentados e Pensionistas) e Rômulo Spinelli (Diretor de Departamento de Relações Institucionais) reuniram-se com a ministra, na tarde desta quarta-feira (22/05), após a Audiência Pública "Prioridades da pasta para o ano de 2019 e aspectos sobre a execução das políticas de responsabilidade do MAPA", na Câmara dos Deputados (assista a participação da ministra).

Durante a reunião, Tereza Cristina afirmou que, além do investimento em Defesa Agropecuária e em um programa de modernização de procedimentos, o MAPA planeja, para os próximos meses, implementar e expandir a produção sustentável e a governança fundiária no país.

“A ministra também fez um balanço sobre sua recente ida a países da Ásia (China, Japão, Indonésia e Vietnã), com objetivo de exportação de produtos agropecuários para esses países, entre eles carne e soja”, conta o diretor Rômulo Spinelli.

Segundo ele, Tereza Cristina compartilha do receio da categoria quanto ao controle da peste suína clássica no Brasil, um problema que, segundo palavras da própria ministra, “vem devastando a Ásia”.

“Ela afirmou que o trabalho dos Auditores Agropecuários é imprescindível e que não pode haver contingenciamento de verba para implementação de ações de defesa sanitária nesse sentido”, conta Spinelli.


Trabalho Parlamentar

Também nesta quarta-feira (22/05), os dirigentes Rômulo Spinelli e José Luiz Castilhos reuniram-se com o senador Luis Carlos Heinze (PP/RS) e com os deputados federais Afonso Motta (PDT/RS) e Bohn Gass (PT/RS) para discutir sobre realização de concurso público e nivelamento salarial dos Auditores Agropecuários com as demais carreiras de Auditoria.

De acordo com Spinelli, durante a conversa com os deputados Gass e Afonso Mota, os dirigentes aproveitaram para agradecer pelo apoio às propostas de emendas à PEC 06/2019 (Reforma da Previdência), apesentadas pelo Fonacate (saiba mais).

“Os parlamentares em unanimidade concordam com a necessidade de um realinhamento salarial para a categoria, acham justo, mas afirmam que esse não é o momento para pleitear o nivelamento, devido a situação enfrentada pelo país com a discussão da Reforma da Previdência e o contingenciamento de verbas do Ministério da Economia”, conta o diretor Rômulo.

Os sindicalistas participaram, ainda, da posse do novo presidente da Frente Parlamentar Mista do Biodisel, deputado federal Jerônimo Coergen (PP/RS). 

0
0
0
s2sdefault