19
Dom, Nov

Notícias do Sindicato

O Anffa Sindical acaba de divugar notas de repúdio manifestando-se a respeito da exoneração do Auditor Fiscal Federal Agropecuário e Delegado Sindical da DS-DF, legitimamente envolvido na manifestação da categoria, ocorrida na data de 5 de outubro de 2017 (saiba mais) e sobre a postura do Superintendente Federal de Agricultura no Estado do Maranhão, Antônio José dos Santos, que impediu AFFAs de participarem do IV Congresso Nacional de Auditores Fiscais Federal Agropecuários (CONAFFA). Confira, na sequência, as notas abaixo:


NOTA DE REPÚDIO

Considerando a recente exoneração do Auditor Fiscal Federal Agropecuário, Delegado Sindical da Delegacia Sindical do Distrito Federal, legitimamente envolvido na manifestação da categoria, ocorrida na data de 5 de outubro de 2017, o ANFFA SINDICAL vem manifestar REPÚDIO a tal atitude que caracteriza um desrespeito à categoria, fragiliza o centenário Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e desestrutura as atividades desenvolvidas por importante Coordenação do Ministério, exercida com presteza e eficiência pelo servidor em comento.

A decisão da alta gestão do Mapa manifesta clara tentativa de intimidação perante o movimento e, sem razão técnica ou administrativa, exonera do cargo de provimento exclusivo de servidores concursados, sem que a qualidade técnica de excelência dos referidos AFFA seja levada em conta. As equipes, o serviço e a sociedade brasileira perdem o benefício da responsabilidade destes servidores pelo zelo da saúde pública e da grandiosidade das ações de Estado desempenhadas pelo MAPA.

Neste sentido, vem o ANFFA SINDICAL requerer do Secretário de Defesa Agropecuária justificativas sobre a motivação da exoneração, haja vista o cargo, apesar de livre provimento, é de instância técnica gerencial e de coordenação de ações nacionais que requerem amplo conhecimento técnico.

O ANFFA SINDICAL requer, ainda, que a disposição em dialogar e ser transparente, manifestada no Comunicado nº 281, de 04/10/2017, se traduza em atitudes, prontamente evidenciada por meio de recepção e consideração efetiva das proposições da categoria dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários a fim de delinear proposições imediatas de trabalho conjunto no diagnóstico situacional e na construção de uma opção sólida, responsável, sistêmica e conjunta que vise implantação efetiva e duradoura de melhorias na estrutura e nos processos do Mapa.

No mesmo sentido, requeremos que a ocupação dos cargos seja efetivamente baseada em critérios meritocráticos, como forma de garantirmos uma gestão competente e compromissada com os nobres interesses que devem nortear as ações do Ministério.

Ressaltamos que, medidas adotadas pelo Secretário de Defesa Agropecuária, Luís Rangel e pelo Diretor do Departamento de Saúde Animal, Guilherme Marques, que comprometem as atividades desempenhadas pelos Auditores Fiscais Federais Agropecuários e a imagem da categoria são repudiadas e não serão aceitas pela categoria.

Ações dessa natureza não irão propiciar nenhum avanço nas relações entre os servidores e a administração, pelo contrário, acirrarão os ânimos comprometendo o necessário diálogo para enfrentarmos os sérios problemas por que passamos.

Perde a sociedade brasileira pelo comprometimento da gestão do MAPA, perde o serviço desempenhado pelo Ministério, perdem todos.

É notória a desaprovação de grande maioria dos servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento às medidas que vem sendo adotadas pela atual gestão que passa pelo Ministério, razão pela qual o ANFFA SINDICAL reitera seu repúdio à essas medidas.(Baixe em PDF)



NOTA DE REPÚDIO
 

O ANFFA SINDICAL, Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários, entidade representativa da carreira, manifesta seu total repúdio ante a postura do Auditor Fiscal Federal Agropecuário, Antônio José dos Santos, Superintendente Federal de Agricultura no Estado do Maranhão.

O referido AFFA, usando das prerrogativas do cargo que ora desempenha, demonstrou total falta de compromisso para com a carreira no qual faz parte, criando obstáculos que impediram a participação dos colegas AFFAs Genilson Ferreira Santana e Conceição de Maria Seabra Nogueira Mendes, no evento de nossa categoria, o IV CONAFFA - Congresso Nacional de Auditores Fiscais Federais Agropecuários, sendo realizado em Brasília/DF, no período de 02 a 06 do corrente mês.

Antes o exposto, fica consignado o nosso repúdio ao ato praticado, que vai de encontro aos interesses do engrandecimento e desenvolvimento da carreira de Auditoria e Fiscalização Federal Agropecuária em nosso país. (Baixe em PDF)