Emenda que garante estabilidade para todos os servidores ganha apoio

Texto também veta a criação do vínculo de experiência. Ao todo, 33 sugestões de aditivos ao projeto de reforma administrativa foram entregues

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a reforma administrativa (PEC 32) ampliou o prazo de entrega de emendas, possibilitando que os parlamentares buscassem as 171 assinaturas mínimas necessárias para protocolar as sugestões. Com isso, 33 propostas de aditivos foram formalmente apresentadas — entre elas, uma emenda substitutiva global que extingue pontos do projeto considerados mais críticos pelo funcionalismo.

De autoria do deputado André Figueiredo (PDT-CE), secretário-geral da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir) e coautoria do presidente do bloco, Israel Batista (PV-DF), a sugestão recebeu 180 assinaturas.

A emenda garante a estabilidade de todos os servidores — atuais e futuros, independentemente da carreira — e segurança aos concursos homologados, além de acabar com a criação do "vínculo de experiência". O texto também exclui do projeto da reforma novos princípios da administração pública e a autonomia para o chefe do Executivo extinguir órgãos.

A emenda substitutiva global foi elaborada em parceria com o Fórum Nacional das Carreiras de Estado (Fonacate), que tem elaborado estudos sobre a reforma e outros materiais.

Presidente do Fonacate, Rudinei Marques considera que a proposta corrige o texto original do governo: "A emenda permite evitar imensos retrocessos na prestação de serviços públicos à população".

Fonte: O Dia

Anffa Sindical

ANFFA Sindical é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
Setor Comercial Sul, Quadra 2, Bloco C, 4º andar, Ed. Jockey Club - 70.302-912 - Brasília, DF
+55 (61) 3246 1599 +55 (61) 3037 1401