02
Ter, Mar

+ Notícias
Em 1º de fevereiro ocorrerá eleição para o novo presidente da Câmara dos Deputados e Senado Federal. Para reforçar a importância do servidor público de uma forma geral, inclusive os de carreira de estado, o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), elaborou uma carta aberta aos candidatos à presidência das duas casas, no intuito de chamar a atenção, dentre outros assuntos, em especial à Pec 32/2020.
 

No documento, a carta dá destaque à necessidade de proteger os mais vulneráveis, pelo Congresso Nacional com planejamento e articulação federativa na implementação de políticas, com a universalização e gratuidade da vacinação, com prorrogação do auxílio emergencial, fortalecimento da assistência, com valorização da educação pública, da ciência e da pesquisa, em suma, por meio do reforço – ao invés de cortes – da provisão de bens e serviços públicos essenciais à população.

“Nós, como servidores públicos, representantes de uma carreira forte, rechaçamos essa proposta de PEC. Apoiamos a iniciativa do Fonacate porque a PEC é muito danosa ao serviço público em geral e aos servidores, em especial à nossa carreira, de Auditor Fiscal Federal Agropecuário”, comentou o presidente do Anffa Sindical, Janus Pablo.

Conforme Janus Pablo, ficou evidente nesse cenário de pandemia a relevância dos serviços públicos, com destaque para o trabalho presencial e remoto dos Affas. “A continuidade do conjunto de atividades dos Affas está sendo essencial para a evolução do agronegócio no período e, consequentemente, para o resultado da balança comercial brasileira. Com a volta à normalidade no Congresso Nacional após a eleição, e a ativação das comissões e dos debates, trabalharemos ao lado do Fonacate para conceber uma proposta conjunta, com a participação dos representantes dos servidores públicos”, finalizou Pablo.

Acesse abaixo à carta na íntegrga. 

0
0
0
s2sdefault