01
Seg, Mar

+ Notícias

A situação de calamidade vivida pelo estado do Amazonas, diante do agravamento dos casos de Covid-19 na região, resultou na aplicação, em caráter excepcional, do teletrabalho para os AFFAs e demais servidores lotados na Superintendência Federal de Agricultura da região.

A decisão consta no despacho enviado na quinta (14) pelo secretário-executivo do MAPA, Márcio Lenadro, ao superintendente da SFA-AM, Guilherme Pessoa.

De acordo com o delegado sindical do Amazonas, Christian Barnadd, a determinação pelo teletrabalho é uma resposta a outro ofício, encaminhado pelo superintendente do AM para a coordenadora-geral de Apoio às Superintendências Ministério da Agricultura, Lizane Soares Ferreira, na primeira semana do ano. Nele, Guilherme Pessoa ressalta que a capital, Manaus, encontra-se na chamada Fase Roxa, que é considerada a mais grave na pandemia. A situação vem obrigando os hospitais particulares a rejeitar pacientes, por não terem mais leitos disponíveis.

Nesse meio tempo, entre o envio do ofício do superintende e uma resposta concreta, ficamos atentos à situação e nos mobilizamos no estado. Que bom que saiu uma resposta positiva”, disse o delegado Christian Barnadd.

Sobre a situação de crise sanitária, ele ressalta que continua orientando os colegas a tomarem o máximo de cuidado possível. “Buscamos esclarecer sobre a importância de se preservar e respeitar as diretrizes oficiais do Ministério a respeito do assunto. Nosso momento aqui não está sendo fácil! Vamos continuar vigilantes, principalmente, no que diz respeito à determinação de paralisação dessas atividades presenciais na SFA”, completou. 

0
0
0
s2sdefault