30
Qua, Set

Notícias do Sindicato

Após os atentados ocorridos há exatos 19 anos nas Torres Gêmeas, em Nova Iorque, o mundo intensificou sua atenção para a questão do terrorismo. No Brasil, são muitas as discussões sobre a implementação de ações antiterroristas. No Congresso Nacional, um dos Projetos de Lei em tramitação é o de Nº 1595/19, de autoria do deputado federal Vitor Hugo (PSL-GO).

Na perspectiva de incluir a carreira de AFFA no rol de servidores da área estratégica de segurança nacional, mais notadamente nas questões que tratam do agroterrorismo, o Anffa Sindical vem dialogando com o parlamentar, de maneira a esclarecer melhor sobre a necessidade de o país estar preparado para um ataque deliberado ao agronegócio.

Debate virtual - A importância do debate suscitou a iniciativa do Sindicato em promover, nos próximos dias, uma live com AFFAs especialistas no assunto. Na oportunidade, participarão os colegas Gecemar Júnior e Adriana Truta, que têm um trabalho científico acerca do assunto intitulado “Agroterrorismo: ameaça iminente ao Brasil”. Detalhes como dia e horário do evento serão divulgados em breve.

“Nossa expectativa é de que a carreira exerça, na sua plenitude, as atividades relacionadas ao agroterrorismo e ocupe esse nicho. Seja pela expertise desses profissionais, seja pela necessidade que o país, grande produtor e exportador, tem de resguardar sua sanidade e, consequentemente, sua economia”, disse o coordenador do Conselho de Delegados Sindicais (CDS) Janus Pablo.

Segundo ele, a iniciativa do Sindicato de trabalhar pela inclusão da carreira junto aos protagonistas responsáveis pela segurança nacional tem uma visão estratégica de valorização. “Em tempos de perdas de atribuições, estamos buscando novos espaços. Além do conhecimento dos AFFAs com a questão, somos uma carreira estratégica e tida como típica de Estado. Soma-se a isso o fato de o Governo estar dando importância a atuações relacionadas à segurança pública, então, serão esses servidores os que terão mais chances de alcançar atenção para as suas demandas”, completou.

 

0
0
0
s2sdefault