30
Sáb, Maio

Notícias do Sindicato

Após várias tentativas de audiência com a Ministra Tereza Cristina, o Anffa Sindical consegue marcar, para a próxima quinta-feira, 21/05, com a participação do presidente Maurício Porto e o coordenador do Conselho dos Delegados Sindicais, Janus Pablo.

Serão tratados de pleitos que vêm sendo solicitados, como concurso público, convocação dos 140 excedentes, melhoramento salarial, adicional de fronteiras, regulamentação da indenização remuneratória pelas horas extras trabalhadas, devido aos turnos de abate, dentre outros, e, ainda questões sobre o PLP 39/2020. “Estamos sem expectativas por parte do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A categoria está decepcionada”, disse o presidente.

O trabalho realizado pelo Auditor Fiscal Federal Agropecuário (Affa) está incluído como atividade essencial. Eles estão na linha de frente com fiscalização, inspeção e Defesa Agropecuária, ainda nos laboratórios do Mapa, na análise de identificação da Covid-19. “Somos responsáveis pelo abastecimento de alimentos e segurança alimentar. Isso é importante e estratégico para o país, inclusive nesse momento que estamos passando”, acrescentou Porto.

“Expressaremos nosso descontentamento, devido ao não reconhecimento, por parte do governo, de nossa atividade essencial, lidando diretamente com a saúde pública, nesse cenário de pandemia. Ainda, o sentimento de injustiça de ter ficado dentro do PL 39/2020, como categoria que terá os salários congelados até final de 2021, num cenário que estamos sem recomposição salarial desde 2017”, finalizou Janus Pablo, coordenador do Conselho dos Delegados Sindicais”.

 

0
0
0
s2sdefault