19
Dom, Nov

Jurídico

O Anffa Sindical volta a alertar os filiados contra possíveis golpes que vem sendo aplicados por quadrilha criminosa usando o nome do Sindicato. O pretexto utilizado recentemente pelos infratores é o mesmo das últimas vezes: alegam a existência de precatório do plano geral de carreira de 10,83% a ser pago ao filiado e apresentam-se como representantes do Anffa Sindical, pedindo adiantamento em depósito de valores significantes que seriam referentes ao imposto de renda e taxa administrativa.

Os estelionatários, que também usaram outros argumentos como pagamentos referentes a ações coletivas movidas pelo Sindicato, costumam pedir ao filiado que entre em contato com suposto diretor do Ministério da Agricultura, com intenção de dar mais credibilidade ao golpe.

A Diretoria de Assuntos Jurídicos do Anffa Sindical orienta aqueles que forem contatados pelos criminosos a realizarem denúncia na delegacia de polícia, uma vez que só a vítima tem legitimidade para denunciar.

“É importante denunciar à polícia, pois só assim é possível chegar nessas quadrilhas”, explica a advogada do Sindicato, Patrícia Bruns.

Patrícia ressalta, ainda, que valores de custas de qualquer espécie, referente a processos e condenação em favor do filiado, são automaticamente descontados pelo judiciário e nunca cobrados previamente de maneira direta.

“Essas custas, sejam referentes a honorários, perícia, etc, já são automaticamente descontadas do valor bruto e o filiado recebe somente o líquido”, explica Bruns.