22
Seg, Jul

+ Notícias

Os fiscais agropecuários que atuam no Rio Grande do Sul podem se inscrever para treinamento gratuito com foco em boas práticas e bem estar animal. A capacitação, promovida pelo Ministério da Agricultura (Mapa) em parceria com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), ocorre de 23 a 25 de abril, no município de Marau. O curso é destinado a auditores fiscais federais, fiscais estaduais agropecuários e aos fiscais municipais, bem como aos médicos veterinários que atuam com extensão rural e fomento.

O principal objetivo do treinamento é atualizar as técnicas de insensibilização em bovinos, suínos, aves e peixes, bem como melhorar o controle nesta etapa. Segundo o veterinário Richard Alves, diretor da Associação dos Fiscais Agropecuários do Rio Grande do Sul (Afagro), a insensibilização é um ponto crítico muito importante, e o fiscal que atua no frigorífico deve estar atento ao momento em que ela ocorre.

“O abate precisa ter a insensibilização bem feita para que o animal não sinta dor e nem tenha alguma reação aversiva ou outras sensações que não estejam de acordo com o bem estar animal”, alerta Alves. Segundo ele, a capactiação é importante para que o fiscal agropecuário consiga avaliar bem os pontos críticos pelo qual o animal passa ao longo do processo da produção agropecuária.

No treinamento, ainda será abordada a etapa do transporte de animais vivos. Desde 2017, com novo Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA), o embarque também passou a ser controlado pelo fiscal que fica na indústria. Na hora do desembarque, devem ser observadas informações como horário de embarque para saber há quanto tempo o animal está em jejum, por exemplo.

Outro tema que será abordado na capacitação é a legislação e a fiscalização do bem estar animal em uma perspectiva jurídica. Para falar sobre este assunto, o curso contará com a participação da advogada especialista Carolina Toschi Maciel, da Humane Society International, para esclarecer dúvidas sobre as normas que norteiam a atuação da fiscalização agropecuária neste controle.

A Afagro acredita que a atualização constante dos fiscais é importante para que eles possam desempenhar sua função sempre da melhor forma possível, de acordo com as normas vigentes. Pelo menos 30 fiscais estaduais agropecuários ligados à entidade devem participar do treinamento, que é gratuito e ocorrerá das 8h às 18h, durante três dias, na Casa de Cultura de Marau. Os servidores fazer contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fonte: Suinoculturaindutrial.com.br

0
0
0
s2sdefault