15
Sáb, Dez

+ Notícias

O presidente do Anffa Sindical, Maurício Porto, recebeu, na terça-feira (24/7), das mãos do governador do estado de Goiás, José Eliton (PSDB), a Comenda do Mérito Anhanguera, a mais alta condecoração concedida pelo Executivo Goiano.

A homenagem, faz jus aos anos de trabalho e dedicação do AFFA (Auditor Fiscal Federal Agropecuário) em prol dos serviços à frente da Associação Pestalozzi de Goiânia, voltados ao segmento da pessoa com deficiência e na defesa dos direitos humanos.

O ato ocorreu na cidade de Goiás Velho, que oportunamente comemorou 291 anos. Para comemorar a data, as sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário foram simbolicamente transferidas, até quinta-feira (26), para o município, que foi capital do estado até 1933.

“É com muita satisfação que recebo mais essa homenagem, que se concretiza no reconhecimento do trabalho voluntário que fazemos neste segmento”, disse Porto.


Outras homenagens – Esta é a terceira vez que Maurício Porto é reconhecido pelo seu trabalho social desempenhado no estado de Goiás. Em 2008, ele foi homenageado pela Assembleia Legislativa do estado por meio da propositura do então deputado Mauro Rubem. Na oportunidade, o AFFA foi condecorado com a Medalha do Mérito Pedro Ludovico Teixeira, a mais alta comenda do legislativo goiano, por ocasião das comemorações dos 60 anos da "Declaração Universal dos Direitos Humanos".

Dois anos depois, durante Sessão Especial da Câmara Municipal de Goiânia, em 2010, Maurício Porto foi homenageado pela então presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Goiânia, também pelos relevantes serviços prestados a comunidade goianiense. A propositura foi da ex-vereadora Cidinha Siqueira.

Dedicação - A história de construção do trabalho da Pestalozzi de Goiânia passa essencialmente pela atuação de Maurício Porto na entidade. O AFFA assumiu o cargo de presidente de junho de 2016 a junho de 2018, tendo atuado em quatro mandatos de três anos à frente do cargo. Antes disso, ele participou da Federação Estadual das Associações Pestalozzi no estado, no período de 2007 a 2012.

“Foi um período em que conseguimos avançar, no Legislativo e no Executivo, em muitas questões de integração para a pessoa com deficiência, que é a questão da mobilidade urbana e do ingresso ao mercado de trabalho”, destacou.

A Associação Pestalozzi de Goânia é uma entidade filantrópica, de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em 14 de junho de 1974, reconhecida de utilidade publica federal, estadual e municipal, e certificada no Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). Tem por missão “promover, executar e apoiar ações que contribuam para a inclusão social das pessoas com deficiência, a construção e resgate da cidadania, visando, sobretudo, a qualidade de vida do ser humano”.

Na capital goiana, a entidade atende atualmente 920 pessoas, executando ações socioeducativas que garantam o engajamento e a participação desta no contexto institucional e no exercício da cidadania.

0
0
0
s2sdefault