21
Seg, Mai

+ Notícias

Em uma grande ação realizada entre os dias 8 e 15 de março, em Salvador, capital da Bahia, Auditores Fiscais Federais Agropecuários da Inspeção Vegetal no estado apreenderam e inutilizaram produtos que estavam impróprios para consumo humano ou sem o respectivo registro no MAPA, conforme resultados analíticos laboratoriais.

A ação ocorreu em área com autorização dos órgãos de controle ambiental e, segundo o delegado do Anffa Sindical na Bahia, Elias Eloi, todo o processo foi acompanhado pelos AFFAs Osmar D’Alexandria Batista e José Augusto Lemos (na parte de bebidas), e Sérgio Mariano Cerqueira e Hélio Mota Higino (na destruição de maçãs).

Durante a atuação dos profissionais, foram apreendidos 1500 kg de maçã importada, 12.000 litros de aguardente de cana, 2.700 litros de bebida mista de açaí, 14.000 litros de vinho tinto de mesa, 3.700 litros de coquetel de vinho tinto, 19.000 kg de polpas de frutas e 4.200 litros de vodka. No total, foram inutilizados, também, os 615 mil rótulos e embalagens dos respectivos produtos, em cumprimento à legislação especifica.

De acordo com o delegado Elias Eloi, a ação merece destaque devido ao volume de produtos e rótulos destruídos, porém apreensões em menor escala ocorrem diariamente. “Destruições e apreensões fazem parte da nossa rotina de trabalho, tanto com produtos do mercado interno, como importados, como foi o caso dessas maçãs enviadas ao aterro sanitário de Salvador”, conta Eloi.

Confira abaixo as fotos da ação: