26
Sex, Abr

Notícias do Sindicato

O Anffa Sindical participou da audiência pública na Câmara dos Deputados, ocorrida na terça-feira (6/10), sobre a cadeia produtiva da maçã. Pelo Ministério da Agricultura, participou o diretor da DSV (Diretor do Departamento de Sanidade Vegetal), FFA (Fiscal Federal Agropecuário) Luis Eduardo Pacifici Rangel.

Entre os problemas apontados pelos representantes do setor produtivo, alguns estão diretamente ligados à Fiscalização Federal Agropecuária. Grande destaque se deu em relação a praga Cydia pomonella, recentemente erradicada no Brasil. O setor cobra uma atuação mais contundente por parte do ministério da Agricultura para evitar a reinfestação dos pomares através de frutas importadas, principalmente da Argentina.

Na ocasião, houve diversos relatos sobre a identificação de cargas importadas deste país e que estavam infestadas por larvas vivas de Cydia pomonella. A preocupação dos produtores é que o custo de controle dessa praga ultrapassam os R$ 50 milhões por ano. Desta forma, o incremento deste gasto pode inviabilizar a cultura no Brasil.

Outro fator de preocupação abordado na audiência, e que é afeto às competências dos FFA´s, está relacionado com a possibilidade de importação de maçã da China, pois sabe-se que por lá há diversas pragas que não estão presentes no Brasil.

Esses dois pontos relatados pelo setor produtivo vêm ao encontro das reivindicações da categoria, por meio do Anffa Sindical, ao buscar a melhoria da eficiência na fiscalização da importação a partir da contratação imediata de novos Fiscais Federais Agropecuários para exercerem suas funções, seja nas fronteiras, portos, aeroportos ou mesmo completando o quadro da SDA para intensificar as Análises de Risco de Pragas.

Também vem sendo pleiteada a implantação do adicional de fronteira, de forma a estimular e valorizar os profissionais que desempenham suas funções em locais de difícil provimento.

Vendo que os anseios do setor produtivo coincidem com os dos FFA´s, o Anffa Sindical se colocou à disposição da Associação Brasileira de Produtores de Maçã, e demais entidades presentes, para que juntos somem esforços para proteger esse importante segmento produtivo do agronegócio.

Sobre o setor - A pomicultura está concentrada nos três estados da região sul do Brasil e atualmente conta com aproximadamente 36 mil há. Na última safra, foram produzidos cerca de 1,3 milhão de toneladas da fruta. O setor gera 58.000 empregos diretos e 136.500 indiretos e é a base econômica de muitos municípios brasileiros. A distribuição de rendas é outra particularidade da cultura, visto que 80% da área é constituída por pequenos produtores rurais. Em termos de valor econômico , a cultura gera anualmente mais de R$ 2 bilhões.

 
0
0
0
s2sdefault