26
Qua, Set

Notícias do Sindicato

O Anffa Sindical está apoiando, nesta semana, a realização da III reunião técnica do projeto “Programa Regional de Controle e Erradicação da Mosca da Carambola”, que teve início ontem, às 14h, em Brasília, e conta com a presença de membros da Organização Nacional de Proteção Fitossanitária (ONPF) da Guiana e Suriname, para ser realizada a conclusão da proposta do programa.

Abrindo a programação, o AFFA diretor de Sanidade Vegetal, Marcus Coelho, esteve apresentando os componentes gerais do projeto e a proposta de orçamento referente ao Brasil. “Há 18 anos, o País maneja essa praga e a mantém controlada na região norte. Agora nós estamos em discussão tratando com estes dois Países uma proposta de um Programa Regional de combate e erradicação a essa praga”, contou.

Ainda de acordo com o diretor, a expectativa é de que a proposta seja submetida a instâncias superiores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e dos Ministérios dos respectivos países até o final deste ano. “Acreditamos que, dentro deste prazo, os dirigentes dos três países possam acatar o projeto”.

De acordo com o Mapa, a Mosca da Carambola (Bactrocera carambolae) é quarentenária para o Brasil e representa a principal ameaça à fruticultura brasileira. Está presente no estado do Amapá e Roraima, com focos da praga que ocorrem esporadicamente no Pará. Estudos apontam que, caso ela se disperse para áreas produtoras de laranja, manga e goiaba, os prejuízos podem atingir mais de R$ 500 milhões por ano.

A mosca é originária do sul da Ásia e foi introduzida no continente americano, através do Suriname, em meados de 1975. No ano de 1989 foi detectada na Guiana Francesa de onde se dispersou para o município de Oiapoque no Estado do Amapá (Brasil) em 1996.

Os Auditores Fiscais Federais Agropecuários atuam na implementação do Programa Nacional de Erradicação da Mosca da Carambola em todas as unidades da federação, com o objetivo de prevenir o seu ingresso nas áreas de produção.

A reunião encerrará às 18h de sexta-feira (14/09).
 

0
0
0
s2sdefault