13
Dom, Out

Notícias do Sindicato

A última terça-feira (19/06) foi um dia de grande marco na história do Laboratório Nacional Agropecuário em Recife - Lanagro/PE.

Com o objetivo de integrar as equipes, foi promovido um evento, em Recife, para inauguração do auditório “Engenheiro Lúcio Albuquerque”. O evento teve como anfitriã a Coordenadora AFFA Claudia Cordeiro, e contou com a presença do Superintendente da SFA do estado, Carlos Ramalho Júnior, da Paraíba, Lúcio Matos, e de Alagoas, Alay de Amorim.

Albuquerque, o homenageado, é Engenheiro Civil do quadro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e lotado na SFA da Paraíba. “O Lúcio presta serviço para o LANAGRO/PE desde 2008 e é um servidor, além de competente, muito comprometido. Ele fiscaliza a execução das obras civis da SFA/PB, SFA/SE, SFA/ CE e do LANAGRO/PE viabilizando, assim, a modernização de nossa infraestrutura. A escolha do nome foi uma oportunidade de reconhecer em vida o empenho de um colega da casa”, explicou a Auditora Fiscal Federal Agropecuária Sylvia Sabino, que é engenheira agrônoma, e está comemorando, neste ano, 10 anos de Mapa.

O evento contou também com a palestra do AFFA Yoshio Fugita, Engenheiro Agrônomo, que é lotado na SFA do Mato Grosso do Sul, e possui 35 anos de serviço no MAPA. Fugita é conhecido por sua alta vitalidade, alegria, e amor pelo que exerce. “Conheci o Fugita ano passado no Conaffa e, desde então, estávamos tentando trazê-lo para cá. Ele, além de ser um fiscal sério, comprometido e competente, ministra palestras motivacionais adaptadas à realidade de cada lugar incentivando quem hoje está na lida. Os exemplos citados por ele, sobre o protagonismo de vários colegas que estão fazendo a diferença nas atividades do MAPA, foi inspirador para todos nós. O Anffa Sindical podia utilizá-lo como provocador e fonte de energia e motivação para quem está chegando agora, e investir mais no ativo, pois está difícil trabalhar nas pontas. As pessoas estão desestimuladas e o Mapa precisa de mudanças para ser mais eficiente. Nosso capital humano é muito bom e o potencial é enorme. Podemos, sim, fazer mais e melhor. Sabemos que é preciso rever as atividades e mudar processos com muita atenção e zelo para garantirmos a abordagem abrangente e sistêmica da Defesa Agropecuária”, afirmou Sabino.

Ao longo da cerimônia, que foi marcada pela identidade cultural no Nordeste, o característico São João, o Café Junino constituiu-se em um momento importante e necessário de confraternização. “Queríamos passar, através desta solenidade, que a casa é nossa. A coordenadora quer iniciar um processo de várias reuniões que serão realizadas neste auditório. Pretendemos estreitar ainda mais a relação com as equipes da SFA/PE e demais superintendências do Nordeste e melhorar a comunicação para juntos marcarmos mais pontos pela equipe Mapa. " A Associação dos Fiscais Federais Agropecuários em Pernambuco (AFAMA) que patrocinou o café junino do evento fortalecendo, assim, a proposta de parceira, união e integração das forças em prol dos resultados do MAPA. "O trabalho em equipe é o segredo, a soma das habilidades, personalidades, formação, e experiências é o que faz a diferença”.

Após 23 anos sob a mesma gestão, a coordenadora, Cláudia Cordeiro, que é AFFA Médica Veterinária, iniciou sua administração em dezembro de 2016. A renovação, que foi um marco de mudança e inovação, ocorreu no contexto do Decreto 8.852, de 20 de setembro de 2016, que remaneja os cargos em comissão e funções gratificadas e substitui cargos em comissão do Grupo Direção e Assessoramento Superiores - DAS por Funções Comissionadas do Poder Executivo – FCPE. Ou seja, só podem assumir os servidores que estão na ativa.

“Precisamos enaltecer a importância da mudança e alternância de poder. É necessário apoiarmos colegas competentes e compromissados que aceitem ser dirigentes. Admiro demais nossa coordenadora. Seu discurso na inauguração e homenagem justa ao Lúcio demonstra postura comprometida, visão de equipe e receptividade às mudanças. Foi a primeira colega que me recebeu assim que cheguei ao LANAGRO” afirmou Sylvia.

Por fim, a AFFA foi enfática com relação ao fortalecimento do Mapa. “Paralelo ao objetivo de fortalecermos a carreira, precisamos, consequentemente, fortalecer o Ministério. Isto não pode estar dissociado. O Mapa está muito isolado e não articula muito bem, uma vez que a comunicação entre os pares ainda está truncada. Precisa haver uma estratégia, pois a desmotivação da base é assustadora. Precisamos de mais suporte do Anffa Sindical em nos ajudar a ter uma estratégia de corporativismo inteligente. O aposentado não deve ser esquecido, mas, neste momento, é importante concentrar uma maior atenção nos ativos. O agronegócio é dinâmico e estamos para proteger a sociedade”, finalizou.
Sobre o laboratório
A Rede Lanagro retomou a Gestão Estratégica em dezembro de 2015, quando deu inicio a elaboração e coleta de dados dos indicadores comuns a toda rede em 2016. Este foi um passo fundamental para que o laboratório avançasse enquanto rede, organizar e harmonizar processos, além de revelar fatos, tomar decisões sobre FATOS/DADOS, e melhorar a prestação de contas para os órgãos de controle. A implementação da ISO 17025, por exemplo, vem trazendo impactos muito positivos na rotina da Rede de Laboratórios.

Confira abaixo as fotos do evento


 

0
0
0
s2sdefault